Público no evento "A Virada de Chave"

Muitas vezes estamos muito habituados a viver de certa maneira, ter certas crenças, certas preferências e certas prioridades, e não importa o que as pessoas falam, elas não mudam. Porém, subitamente, acontece algo que nos faz mudar, nos faz tomar uma atitude e transformar um aspecto da nossa vida, seja ele grande ou pequeno. Pode ser começar a comer algo que não gostávamos ou pode ser começar a praticar a inclusão. Esse acontecimento, essa feliz descoberta, nos faz mudar de olhar.

Serendipidade é o ato de fazer felizes descobertas ao acaso. Foi assim com Henri e sua família. Quando descobriram que estavam esperando um filho com síndrome de Down, o Pepo, transformaram todo o seu olhar da sociedade. Perceberam o quanto era importante se mobilizar pela transformação das pessoas no quesito inclusão. Foi assim que nasceu o Instituto Serendipidade. Henri e sua família viraram a chave.

Não é necessário uma grande revelação para Virar a Chave. Às vezes basta que alguém nos fale algo de marcante para nos fazer mudar. Esse foi o objetivo do Instituto Serendipidade ao organizar o evento “A Virada de Chave”. Com vários palestrantes contando suas histórias, o objetivo era que cada espectador ficasse com uma pulga atrás da orelha para transformar sua visão, para Virar a Chave no quesito inclusão e diversidade. Os líderes do Projeto Laços, Iniciação Esportiva, Programa de Envelhecimento e Escola de Impacto falaram sobre suas experiências.

Além dos líderes das iniciativas, tivemos um convidado muito especial: Luciano Huck. Além de apresentador de TV, Luciano é um grande empreendedor social. Ele contou à plateia como as suas vivências com o trabalho, viajando pelos mais diversos lugares e conhecendo as mais diferentes pessoas, transformaram seu olhar sobre as necessidades do mundo. Ele virou a chave e saiu de sua bolha para trabalhar na construção de uma sociedade mais aberta à pluralidade. 

Por isso, acredite que nunca é ruim ensinar alguém sobre respeito, diversidade e inclusão. Muitos escolhem manter a ignorância enquanto estão na sua bolha, na sua zona de conforto, então é importante que conheçam, que saibam o quanto precisam mudar. Que precisam sair da comodidade e Virar a Chave da percepção do mundo ao seu redor.  

Por Luísa Monte.

ÚLTIMAS DO BLOG

Público no evento "A Virada de Chave"
29/07/22

Sobre sair da comodidade e Virar a Chave

Muitas vezes estamos muito habituados a viver de certa maneira, ter certas crenças, certas preferências e certas prioridades, e não importa o ...

Henri Zylberstajn fazendo gesto de comemoração.
27/09/22

4 anos do Instituto Serendipidade

Serendipidade: “ato de fazer felizes descobertas ao acaso” O nome do nosso Instituto não poderia ser outro!   Foi por causa de um ...

Mulher com em cadeira de rodas olhando um computador.
27/09/22

Empoderamento feminino é para todas!

Quando falamos de empoderamento feminino, falamos da consciência coletiva de ações para fortalecer as mulheres. Falamos de tomar o poder para ...

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Fique por dentro das novidades do Instituto!